Patrício Manuel: uma masculinidade queer no boxe para “homens”

Autores/as

  • Vagner Matias Do Prado

Resumen

Objetivo problematizar algumas relações entre transexualidades e esporte. Parto de uma reportagem sobre o pugilista Patrício Manuel e exercito a analítica da normalização queer, para questionar a produção dos corpos, no contexto esportivo de rendimento. Entendo o esporte como tecnologia de produção de si e tomo o corpo como categoria discursivo-performativa, a qual potencializa produzir inéditos modos de subjetivação que TRANSfiguram o esporte hodierno. Patrício Manuel amplia a compreensão sobre o que pode um corpo e como, mesmo suscetível a capturas identitárias, ao se valer das tecnologias de produção de si possibilitadas pelo esporte, produz uma nova estética de existência.

Palabras clave:

Transexualidades, masculinidades, esporte, gênero, teoria queer